SAC (44) 3112-0000

Volta às aulas

volta-as-aulas
Postado em 11 de fevereiro de 2014 por Editorial

Foto: pt.photl.com

As férias terminaram para muitos, mas até voltarmos ao ritmo normal de estudo leva um tempo. Afinal foram pelo menos quarenta e cinco dias acordando tarde, sem rotina, comendo fora de horário, saindo com os amigos e relaxando para enfrentar um novo ano.

E agora? Como voltar ao ritmo normal? Abaixo coloco algumas dicas para você entrar no eixo o mais rápido possível e tem um bom ano de estudo com notas exemplares e o melhor melhorando a eficiência do estudo.

Quando viajamos para outro país com várias horas de fuso horário a recomendação não é chegar e dormir, mas ficar acordado o máximo de tempo para que a noite de sono seja bem reparadora, a restrição de sono foi algo que a maioria dos alunos viveu neste período de férias. A melhor maneira de entrar no eixo é buscar dormir cedo, o ideal é às 21h e 30 min.

A prática de atividade física é fundamental neste período, o exercício estimula a produção de endorfina uma substância que promove relaxamento muscular, diminuía a tensão e o estresse. Ainda gera estímulo para produção de serotonina um neurotransmissor que aumenta a capacidade de concentração e memorização. O exercício ainda promove cansaço e nos conduz para cama mais cedo.

Aumente a ingestão de água para promover uma boa hidratação do organismo, infelizmente neste período de férias muitos abusaram do consumo de refrigerantes que são ricos em sódio que força a saída de água do organismo. Sem água o cérebro não funciona bem. Sucos, leite, água com gás e chás estimulantes não são considerados substitutos de água, fique alerta!

Evite o consumo de alimentos gordurosos e frituras, eles sobrecarregam o tempo de digestão e não tenha dúvida, vai bater um sono terrível depois da refeição, menos sangue vai para o cérebro e a capacidade de concentração e memorização vão diminuir.

Aumente o consumo de frutas e verduras cruas, elas são fontes de fibras que irão melhorar o funcionamento intestinal, é no intestino que é produzido noventa por cento da serotonina que melhora a memória. As frutas e verduras ainda são ricas em vitaminas e minerais que potencializam o funcionamento cerebral.

Alimentos como castanha de caju, grão de bico, lentilha, arroz integral e espinafre deveriam estar constantemente passeando por nossa mesa no final do dia, eles são fontes de triptofano, aminoácido este que é a matéria prima para produção de serotonina. Quando ingerido a noite ajudam no controle do cortisol, hormônio que gera estresse e acaba com nossa memória e a concentração.

Cuidado, evite os alimentos ricos em estimulantes, eles aumentam a produção do cortisol, os alimentos a ser evitados são: café, refrigerantes a base de cola e energéticos eles possuem cafeína; chá mate, verde, preto, branco, amarelo e vermelho, refrigerantes a base de guaraná eles possuem teína; chocolate ao leite, meio amargo e principalmente o amargo eles contêm teobromina. Todos estes estimulantes não fazem bem ao cérebro.

Coloquem em prática estas dicas e esteja no controle em 2014.

Imagem: www.shutterstock.com

4 Comentários
  • Redação Nutryervas

    Estela a noite não é hora de sobrecarregar o estômago com alimentos de difícil digestão, por isso evite consumir alimentos gordurosos neste momento. Cuidado com o consumo de chocolate, fritura, alimentos de origem animal e castanhas.
    Com relação às castanhas, a de caju é uma exceção, eu sempre coloco cinco unidades no jantar dos meus pacientes, elas contribuem para a produção da serotonina, importante neurotransmissor que vai ajudar no processo de memorização e ainda diminuir a taxa de estresse.
    Coma também alimentos integrais neste momento, se seu hábito é repetir o almoço ingira o arroz integral ou o macarrão integral, cuidado com a batata principalmente no período noturno. Caso seu hábito seja comer alimentos do desjejum uma bela porção de frutas com granola pode ser uma boa opção, ou um lanche com pão integral, salada e um patê de grão de bico ou uma porção do tofu. Um açaí com granola é uma boa opção para o período noturno.
    Fruta e salada são ótimas para o jantar, pois fornecem fibras que ajudam a dar maior tempo de saciedade e ainda diminuem a absorção da gordura presente na refeição.
    A regra a noite é: coma pouco e cedo! Mas cuidado se o jantar não for balanceado você vai acabar sentindo fome antes de dormir.

  • Redação Nutryervas

    Estela a noite não é hora de sobrecarregar o estômago com alimentos de difícil digestão, por isso evite consumir alimentos gordurosos neste momento. Cuidado com o consumo de chocolate, fritura, alimentos de origem animal e castanhas.
    Com relação às castanhas, a de caju é uma exceção, eu sempre coloco cinco unidades no jantar dos meus pacientes, elas contribuem para a produção da serotonina, importante neurotransmissor que vai ajudar no processo de memorização e ainda diminuir a taxa de estresse.
    Coma também alimentos integrais neste momento, se seu hábito é repetir o almoço ingira o arroz integral ou o macarrão integral, cuidado com a batata principalmente no período noturno. Caso seu hábito seja comer alimentos do desjejum uma bela porção de frutas com granola pode ser uma boa opção, ou um lanche com pão integral, salada e um patê de grão de bico ou uma porção do tofu. Um açaí com granola é uma boa opção para o período noturno.
    Fruta e salada são ótimas para o jantar, pois fornecem fibras que ajudam a dar maior tempo de saciedade e ainda diminuem a absorção da gordura presente na refeição.
    A regra a noite é: coma pouco e cedo! Mas cuidado se o jantar não for balanceado você vai acabar sentindo fome antes de dormir.
    Atenciosamente, Dr. Ricardo Vargas

  • Estela Felipe

    Maravilhosas as dicas doutor. Comecei a fazer meu curso superior so agora, e quando durmo mal fico muito mal no dia seguinte, mas infelizmente não consegui um curso diurno. Gostaria de saber o que comer antes de ir para faculdade. SEI QUE O CEREBRO USA MUITA ENERGIA. MAS TAMBEM NÃO POSSO SOBRECARGA LO. Sou vegana e já perdi muito peso depois que me tornei Adventista, mas ainda tenho que perder mais. Um abraço e obrigada pelas dicas de sempre.

    http://EstelaBassoFelipe
Deixe o seu comentário!