SAC (44) 3112-0000

Ômega 3, para que serve? Conheça os benefícios!

ÔMEGA 3, PARA QUE SERVE- CONHEÇA OS BENEFÍCIOS
Postado em 1 de outubro de 2013 por Editorial

Nem toda gordura é vilã! E uma delas é o ômega três, conhecido como ácido graxo essencial. Mas, afinal o ômega 3, para que serve?

Pesquisas recentes têm demonstrado os benefícios do ômega 3 para o bom funcionamento do cérebro, diminuição do colesterol ruim, combate à TPM e depressão, e prevenção das doenças cardiovasculares.

A substância também melhora a capacidade de aprendizado, dá um up na imunidade e pode diminuir o risco de desenvolvimento do câncer de mama. E quem está em busca de um corpo torneado, segue outra boa notícia sobre o ômega 3: por ajudar na manutenção dos níveis de testosterona, é ótimo para o desenvolvimento dos músculos.

Ômega 3 engorda?

Por ser uma gordura, muitas pessoas têm dúvidas se o ômega 3 pode engordar. Como qualquer outra gordura, se consumida em excesso a substância pode aumentar o peso. Contudo, quando usada conforme orientação médica ou de um nutricionista pode trazer vários benefícios, inclusive para quem quer emagrecer.

De acordo com a apresentação do nutricionista Dennys Cintra no XV Congresso Latino-Americano de Nutrição, experiências mostram que a obesidade está relacionada à inflamações. O ômega 3, por sua vez, tem potencial antiinflamatório, tendo relação direta com a sensação de saciedade, já quer regula os níveis de leptina.

Ômega 3 na gravidez

Durante a gestação, a alimentação com ômega 3 deve ser reforçada, já que a formação do bebê exige um volume maior do nutriente. A substância tem papel importante no desenvolvimento cerebral do bebê.

Quanto devo consumir?

A dose diária recomendada de ômega 3 é de 250 mg para adultos,  400 mg grávidas e lactantes e de 50 a 100 mg para bebês de 6 a 24 meses. Para isso, os adultos devem consumir peixes de 3 a 4 vezes por semana e a criançada de 1 a 2 vezes.

Alimentos que contém ômega 3

O ômega 3 pode ser encontrado na maioria dos pescados, principalmente na sardinha, atum, bacalhau, cação, salmão arenque e bacalhau. Uma dica: evite fritar os peixes para não perder o ômega 3 presente. Prepare-os grelhados ou assados que a sua refeição será muito mais nutritiva. Azeite de oliva, linhaça, brócolis, espinafre e rúcula são outras fontes do nutriente, devendo ser incluídos na nossa alimentação.

Ômega 3 em cápsulas

O nutriente também pode ser encontrado em cápsulas, indicadas para quem sofre de inflamações, tendinite, lesões na pele, depressão, dificuldade aprendizagem e TPM. Para saber a quantidade necessária, o ideal é conversar com seu médico ou nutricionista, que avaliará o melhor tratamento para você.

Imagem: www.shutterstock.com

4 Comentários
  • silvana

    bom dia meu filho tem 12 anos ele pode tomar.ele tem hiportirioede .

  • eliziane freitas

    Adorei essa matéria.Foi de muita relevância para mim pois estou no 4º semestre de nutrição e esse tipo de informação é muito rica.Acompanho sempre a Nutryervas. Parabéns pela matéria.

    http://elizianefreitas
Deixe o seu comentário!