SAC (44) 3112-0000

Óleo de coco e sua suplementação em conjunto com outros óleos importantes

oleo-de-coco
Postado em 21 de julho de 2016 por Editorial

A composição do óleo de coco e sua suplementação pode melhorar não somente o sistema imune como também seu desempenho produtivo. As gorduras são grandes fornecedoras de energia e de ácidos graxos essenciais, e por conterem mais energia que os carboidratos, são utilizadas nas rações para aumentar a densidade energética, promovendo um efeito benéfico no desempenho.

O Óleo láuricos, presente no óleo de coco, ajudam na redução da necessidade dos carboidratos (açúcar, doces, biscoitos, etc) esse fato deve-se por não estimularem a liberação de insulina. A maioria dos óleos poliinsaturados dificultam a entrada da insulina e nutrientes para dentro das células.

A gordura de coco permite que os níveis de glicose e insulina se normalizem, como também melhorando sua nutrição e restabelecendo os níveis normais de energia.

Por conterem mais energia em comparação aos carboidratos, os óleos e gorduras como óleo de coco, óleo de cartamo, ômega 3, ômega 6, óleo de linhaça e outros, são importantes opções para formulações de dietas com elevada densidade energética e baixo custo por unidade de energia.

Uma excelente constituição para alcançar a sinergia é um Kit com óleos de coco, óleo de cartamo, ômega 3 além do óleo de linhaça e oliva tem sido a alternativa mais empregada para atender a essa necessidade, aumentar a imunidade e elevar o desempenho.

Óleo de ômega 3 e Ômega 6 também são importantes

 

O ômega 3 e seus derivados têm como principais fontes as plantas e animais marinhos, principalmente os fitoplânctons, as algas e os óleos de peixes, mas também podem ser encontrados nos óleos vegetais de linhaça.

O EPA e o DHA, os quais são encontrados em grande concentração em peixes de águas frias e profundas, como cavala, sardinha, salmão e truta.

Os representantes da família ômega-6 podem ser obtidos nas sementes de plantas oleaginosas, principalmente nos óleos de milho, girassol e nas castanhas.

Entre os ácidos graxos presentes nos alimentos, os ômega-6 predominam na maioria das dietas. Esse ácido graxo é representado pelo ácido araquidônico. O ômega 6 esta presente nas membranas plasmáticas de praticamente todas as células (eritrócitos, plaquetas, monócitos, linfócitos.

No corpo, a sinergia desses óleos importantes agem como imunomodulador, contribuído assim para o fortalecimento da imunidade e equilíbrio de quadros inflamatórios.

Foto: Shutterstock

0 Comentários
Deixe o seu comentário!