SAC (44) 3112-0000

História de sucesso de uma paciente – mudando seu corpo

2905_blog
Postado em 29 de maio de 2013 por Redação

Gostaria de contar uma história de sucesso de uma paciente e com isso estimular você a seguir as orientações recebidas por ela na clínica.

Recebi esta paciente no ano passado inconformada com seu corpo. O peso estava dentro do que ela desejava, porém a gordura acumulada na região do quadril e abdome lhe incomodava muito. Estava com os níveis de colesterol alterado, muito ansiosa, com falta de memória, dificuldade de concentração e dormia pouco e mal.

Seu peso continua o mesmo, mas o seu corpo não é mais o mesmo. Mas como isso pode acontecer? O que ocorreu é que no ano passado quando verificamos seu nível de gordura corporal ela tinha 46% do peso composto por gordura. Um valor bem mais alto do que os valores aceitáveis.

Durante a conversa lhe expliquei que era preciso fazer exercícios, dormir nos horários corretos, comer alimentos integrais, fazer um número restrito de refeições, retirar os estimulantes, fazer uso de suplemento de vitamina D, beber água na quantidade suficiente e aprender a respirar. Aos poucos ela veio implementando as mudanças necessárias. Ainda não terminamos o tratamento, mas hoje ela pode dizer que é uma nova mulher.

Vamos entender as mudanças propostas.

Exercício:

Para mudança da composição corporal é necessário fazer atividade aeróbica e anaeróbica. Muitos pensam que se começarem a correr seus problemas estarão resolvidos, este é um ledo engano. A atividade aeróbica ajuda a aumentar o gasto calórico, o que favorece a redução do peso, mas não é o suficiente é preciso fazer musculação. E foi isso que a paciente fez, na parte da manhã fazia musculação e a noite depois da jantar realizava os exercícios aeróbicos.

Sono:

É durante o sono que seu corpo realiza os processos de regeneração evitando o envelhecimento precoce. Mas também é durante o sono que o corpo consegue controlar o Cortisol. Este é o hormônio do estresse. Quando alterado na corrente sanguínea ele impede a reconstrução da massa muscular que foi trabalhada durante o dia e ainda pode promover a quebra de musculatura, piorando sua composição corporal.

Precisamos dormir cedo, o horário ideal é inviável para a grande maioria, mas preciso indicar o melhor e você buscar fazer o melhor, seguindo tudo que está dentro das suas possibilidades. Deveríamos dormir por volta das 21h30min permitindo ao corpo expressar o máximo do seu potencial durante a noite.

Alimentos integrais:

Estes foram os alimentos que até o surgimento da indústria alimentícia forneceu a nutrição para as gerações anteriores a nós. E vale uma reflexão analisando como era a qualidade de vida deles. Não tinham tantos recursos da ciência para tratar doenças, mas também não havia tantas doenças como hoje. Diabetes, obesidade, hipertensão e câncer eram doenças inexistentes ou pouco prevalentes.

Os alimentos integrais proporcionavam uma saciedade muito maior do que os refinados que estão na mesa de quase todos os brasileiros. Estes alimentos refinados não proporcionam saciedade e geram a necessidade de comer a cada três horas. É claro que este novo sistema de alimentação não é saudável, gera desgaste dos órgãos da digestão que logo vão entrar em processo de falência.

Água:

É fundamental beber quantidade suficiente de água. Muitos comem no meio da manhã ou da tarde porque estão com sede, não é fome. Como isso ocorre? O corpo manda mensagem lhe avisando que faz tempo que você não bebe água, mas você ignora a mensagem, ele insiste novamente e mais uma vez você diz não. Neste momento então ele lhe envia uma mensagem de fome e… prontamente você responde comendo uma fruta ou iogurte, estes alimentos são ricos em água e seu corpo fica feliz porém você não, pois além da água foi ingerido calorias que vão favorecer o ganho de peso.

Respiração:

Quando leu respiração pode ter surgido em sua mente um ponto de interrogação questionando como a respiração pode favorecer a redução do peso e a mudança corporal. Mas o que ocorre é que conforme as primaveras da vida se passaram esquecemos como é respirar de maneira adequada e isso gera um grande problema para o corpo.

O cérebro é um órgão que pesa apenas 2% do peso, isso se você está no peso ideal, mas consome 20% de todo oxigênio que inala e quando a respiração não é ideal oferecemos pouco oxigênio para o cérebro e podemos aumentar o cortisol, este é o hormônio do estresse e acabamos muitas vezes ansiosos e comendo por impulso.

Estimulantes:

Cuidado com o uso dos alimentos estimulantes, eles podem dar uma falsa impressão de que ajudam a perde peso. Todo e qualquer estimulante aumenta o cortisol e vimos acima que podemos comer por impulso, mas mais do que isso o cortisol elevado promove quebra da sua massa muscular e parte dela é usada para produzir glicose. O aumento de glicose estimula o processo da lipogênese, ou seja, a formação de gordura que depois de produzida vai ser depositada no tecido adiposo.

Emagrecer com estimulante não é garantia de emagrecimento saudável. O que quero dizer é que você vai emagrecer, mas em pouco tempo o peso perdido começa a ser recuperado, vem então o temível efeito sanfona. O grande problema é que você perdeu muito músculo e ganha agora gordura, ficando cada vez mais difícil perder peso em futuras tentativas.

Vitamina D:

A vitamina D é fundamental para o bom funcionamento do cérebro, sua falta pode gerar ansiedade e depressão. Para pessoas que querem emagrecer ela é um poderoso auxílio pois pode diminuir o desejo de compulsão pelo alimento.

Conclusão:

Mudar o corpo não depende apenas do que você come ou deixa de comer, mudar o corpo depende de como você vive. Por isso escolha hoje viver de maneira mais saudável.

Pergunta:

Gostaria de convidar você amigo ou amiga leitor (a) a responder abaixo uma pergunta.

Se você já fez dieta alguma vez na sua vida a segunda tentativa ou outras ainda tiveram mais ou menos sucesso?

Obrigado por sua contribuição e forte abraço.

Imagem: www.shutterstock.com

12 Comentários
  • FERNANDA

    Oi Dr. Ricardo, sou sua fã!
    Louvado seja Deus pela sua vida!
    Gostaria muito de ter o senhor aqui na minha igreja.
    Gostaria de saber se o senhor faz palestras e o seu e-mail para acertamos, caso possa.

    Um abraço.

  • Andrea Paula Sobral

    De 03 anos pra cá (tempo que engordei 40 kgs), já fiz todo tipo de dieta, e tentei todos os recursos, inclusive coloquei o balão intragástrico, porém em todos os casos sem sucesso. Me recuso a fazer cirurgia bariátrica. realmente quero emagrecer, mas sem essa medida drástica. Adoro sua dicas Ricardo…se puder, me de mais…rsrsrsrs. Obrigada

  • Jamile

    Dr. Ricardo, amo as suas dicas.
    Estou tentando perder peso a muito tempo, ja tentei várias vezes, e só uma vez tive resultado favorável.Não gosto de dietas loucas, sempre tento uma reeducação alimentar, e acabo não conseguindo por ter muita ansiedade e comer por impulso.Agora com sua dicas ou tentar novamente.
    Obrigada!

  • Elisangela

    Ja fiz dieta dos pontos so, e deu muito certo,perdi 5 quilos,mas acompanhada de exercicios e 3 refeiçoes em poucas quantidades.Mas ja voltei os quilos pq nao continuei com a dieta.Preciso perder 15 kilos pra chegar no meu peso ideal.Não como carne,evito doces, mas como muito e isso é que estraga tudo.Preciso de força de vontade e de Deus é claro!

    http://facebook
  • LEILA

    Boa tarde Dr. Ricardo…eu sou do contra, faço dieta para ganhar peso…na verdade não sei mais o que fazer…sempre ouço dicas e comentários sobre como perder peso, mas nada sobre ganhar peso. Recentemente fiz todos exames de rotina e tudo deu normal…nada alterado, mas meu metabolismo é acelerado e não consigo ganhar peso mesmo comendo…será que o fato de eu ser vegetariana possa ser a causa?? Por favor me dê algumas dicas sobre o assunto. Me disseram que tomar levedo de cerveja depois das refeições pode me ajudar. É verdade isso ou é lenda?? Fico no aguardo de sua resposta que pode ser enviada para meu email (leilakoinonia@yahoo.com.br). Obrigada!

    http://LEILAKOINONIA@YAHOO.COM.BR
  • Ana Catarina Hupsel

    Dr Ricardo sempre é preciso e por tudo, mais uma vez eu agradeço seu carinho,seu cuidado sei que é um profissional e poderia simplesmente fazer o seu trabalho,mas você faz com zelo e com afinco,são por essas coisas que temos a certeza existe um DEUS que nos capacita, e agradeço ao SENHOR portanto,sou fá de carteirinha do “VIDA $SAÚDE”nunca em tempo algum ninguém nunca viu uma TV que só fala a verdade em todos os aspectos.Agora respondendo a pergunta é assim; desde de criança sempre fui,aliás fomos bem cuidados, meus irmãos e eu, nossa mãe uma alemã cheia de “mania de limpeza” rigorosa que só ela,jamais permitiu que comêssemos fora de casa,para ela tudo tinha que ser lavado com bastante limão,se bebêssemos água na casa de algum vizinho ou parente era motivo de briga(risos)! Café,refrigerante,doce,farinha branca,carne… Acredite era terminantemente proibido em nossa casa,de modo que crescemos sem fazer uso desses produtos,inclusive quando vc postou algo feito com alfarroba,lembrei-me de minha infância,pois tínhamos cheiro de alfarroba!
    Em nossa casa ,sempre moramos no interior era uma plantação de árvores frutíferas,romã,caju,abacate,mamão, pinha,manga de modo que nosso desjejum era a base de frutas.Para encurtar a história hoje tenho 53 anos,Estou no climatério desde 49,nunca tive os sintomas”peculiares”, por tanto nunca fiz reposição hormonal/Faço caminhadas regularmente 3x por semana,caminho na praia,faço alongamentos,e como dizemos no interior “durmo com as galinhas e acordo com o galo”Sempre orei buscando renovo do Alto e é nessa hora que faço o exercício respiratório lembrando e agradecendo,pois, respiro por ter o folego de vida dado pelo MEU SENHOR! E quando digo que estou satisfeita com meu corpo no superlativo- satisfeitíssima,estou mesmo pois peso 60 kg meço 1,60 ,tenho 2 filhos (mesmo tendo endometriose causa essa que impossibilita a mulher à parir)Enfim sou grata ao meu SENHOR por essa dádivas. .Abraços

    http://anacatarina.deaguiar@facebook.com
  • Kenia Darc Lopes

    Eu tbm ja fiz inumeras dietas, algumas fizeram a famosa SANFONA rss Passar um ano no Amazonas tendo uma alimentaçºao, caminhar, dormir cedo fizeram GRANDE DIFERANÇA.
    Opçao de escolhas nos temos nao as consequencias. Parabens PElo trabalho.

    http://keniadarc.lopes.9@facebook.com
  • Samantha Torres

    Já fiz inuuuumeras dietas.. e nenhuma deu certo, a ansiedade e digamos até.. o vício, pela comida acabam sendo maiores que a força de vontade.
    Ja fiz uso de medicamentos (sibutramina e Fluxetina), Quitosana, e já fui a muitos nutricionistas e sempre desistia de vergonha por voltar lá sem conseguir seguir as dietas, hoje faço psicoterapia para compulsão alimentar.
    Tenho lido e entendido que a melhor forma de conseguir o peso ideal e finalmente acabar com essa tristeza por estar fora do meu corpo e peso desejado, é seguir o regime alimentar orientado por Ellen White.. Mas é dificil.. MUITO DIFICIL!
    Sou telespectadora do programa Vida e saúde e tenho um respeito muito grande pelo Dr. Ricardo.. e não sei porque, mas achei que poderia falar sobre as minhas dificuldades nesse post.

    http://www.facebook.com/Saaatorres
Deixe o seu comentário!