SAC (44) 3112-0000

Corridas de rua – a saúde do praticante

CORRIDA DE RUA
Postado em 30 de janeiro de 2013 por Redação

As corridas de rua estão se apresentando como um fenômeno, baseado no aumento de provas e praticantes, a cada ano o número de adeptos aumenta, o número de empresas interessadas em patrocinar as provas também aumenta de forma meteórica. Mas este crescimento precisa ser organizado e responsável, principalmente com relação à saúde dos praticantes.

A grande maioria dos praticantes não tem orientação de profissionais de saúde, desconhecem princípios básicos de cuidados com o corpo, assim estamos muitas vezes estimulando a prática desportiva que ao invés de ser um benefício pode se tornar um risco para o praticante.

Antes mesmo de iniciar seus treinamentos o principal cuidado de saúde é fazer uma avaliação médica, com o propósito de eliminar os fatores de risco como doenças pré-existentes, problemas ortopédicos, hipertensão e outras muitas vezes relacionadas à obesidade. Depois de liberado pelo médico inicie seus treinamentos e não se esqueça das nossas dicas.

Dê uma atenção especial à hidratação, mas sem exagero. Algumas considerações água é fundamental, mas alguns tem cometido um equívoco, estão ingerindo muita água o que tem favorecido o risco para hiponatremia, perde excessiva de minerais na urina. O total de água ingerido do dia deve ser bem distribuído e não concentrado durante o exercício físico. O consumo de alimentos rico em água como as frutas são uma boa pedida para os dias quentes de verão, a melancia é um exemplo, além de hidratar é pouco calórica, rica em vitamina C, betacaroteno (pró-vitamina A) e licopeno. A vitamina C ajuda a melhorar o sistema imunológico, a vitamina A é importante para a saúde da pele e dos cabelos além de manter a integridade da visão e o licopeno é um potente protetor da próstata contra o câncer.

Invistam no consumo das oleaginosas como a Castanha do Brasil, elas são fontes de óleo de boa qualidade, além de ser ricas em selênio e vitamina E, estes são potentes antioxidantes que combatem os radicais livres e melhoram o sistema imunológico. Durante o exercício físico aumentamos o consumo de oxigênio, este aumento favorece a formação de radicais livres, por isso devemos investir no consumo de antioxidantes.

O consumo de granola é fundamental para os praticantes de corrida, ela é rica em fibras, o que regula a velocidade de absorção do carboidrato a nível intestinal. Ela promove uma saciedade prolongada e ajuda a manter os níveis de glicose normal por mais tempo aumentando o tempo de treinamento e o desempenho durante as provas.

Invista no consumo de sementes de girassol, chia e gergelim, elas são fontes de cálcio e ferro. Todas possuem uma grande quantidade de cálcio, consuma uma colher de sopa de cada (ex: girassol no desjejum, gergelim no almoço e chia no jantar), o cálcio é fundamental para a contração muscular e sua falta pode causar câimbras. O ferro destas sementes é importante para o transporte de oxigênio. O consumo destas sementes associadas a frutas fontes de vit. C aumentam a eficiência no transporte de oxigênio e por consequência seu desempenho físico, trazendo maior disposição física e mental.

A chia e a linhaça ainda são fontes de ômega 3, este óleo cumpre um papel importante para a saúde do atleta, ele é anti-inflamatório ajudando nos processos de recuperação muscular depois do treinamento e ainda aumenta o sistema imunológico dificultando o aparecimento de doenças que comprometem seu treinamento e por conseguinte seu desempenho.

Associe estas dicas ao consumo de um suplemento de vitaminas e minerais, a pratica de atividade física aumenta a demanda e muitas vezes através da alimentação não atingimos o consumo necessário, comprometendo o sistema imune e o desempenho.

E não se esqueça de convidar um amigo, estimule ele ter um estilo de vida saudável assim como você tem procurado ter.

 Imagem:  www.shutterstock.com

 

Por Dr. Ricardo Vargas de Andrade
Nutricionista
CRN-1 5804

0 Comentários
Deixe o seu comentário!