SAC (44) 3112-0000

Como combater os radicais livres

Como combater os radicais livres
Postado em 11 de março de 2013 por Editorial

A produção excessiva de radicais livres está diretamente ligada ao envelhecimento precoce e ao aparecimento de doenças degenerativas. Produzidos pelo nosso próprio organismo, os radicais livres são liberados a partir da queima do oxigênio, necessária para a produção de energia.

Os radicais livres são átomos com elétron de carga negativa. Na conversão para produção de energia, reagem com átomos de carga positiva, causando danos à celulas do corpo. Esse estresse oxidativo, como é chamado pelos especialistas, é natural e faz parte do metabolismo do organismo.

No entanto, quando em excesso causa o envelhecimento precoce e algumas doenças como câncer, artrite reumática, Parkison, Alzheimer, disfunções cognitivas e outras enfermidades degenerativas. O excesso de radicais livres no organismo é normalmente causado por  hábitos que geram desgaste físico, como tabagismo, ingestão de álcool, temperaturas bruscas,  atividade física intensa e estresse emocional.

Mas como combater os radicais livres? A dica dos especialistas é fazer uma alimentação rica em vitaminas e minerais adequados para combatê-los.

As vitaminas A, C e E contêm compostos que protegem as células contra os efeitos nocivos dos radicais livres, sendo consideradas antioxidantes.

A vitamina A pode ser encontrada nos alimentos de cor avermelhada como tomate, pimentão, cereja, rabanete, melancia, maçã, acerola, entre outras.  Fazem bem para o coração e para a memória, fortalecem os  olhos e pele.

Laranja, gengibre, abóbora, batata, manga, maracujá, batata e outros alimentos alaranjados são ricos em vitamina C, antioxidante fundamental para proteção das células e absorção de ferro no organismo, essenciais também para a saúde do sistema imunológico.

Especialistas indicam ainda o uso de suplementos para completar a quantidade diária recomendada de nutrientes que o corpo não consegue suprir com a alimentação.  O suplemento Resisvit-C  foi desenvolvido para suprir 100% da ingestão diária recomendada de vitamina C.

Já a vitamina E é encontrada em óleos vegetais como amendoim  soja, milho, girassol,  nozes, grãos e folhas verdes. Para quem sofre com a correria do dia a dia e acaba pulando refeições, o suplemento de Vitamina E em cápsulas da Nutryervas também foi desenvolvido para suprir 100% da ingestão diária recomendada da vitamina.

Além dos suplementos que trazem as próprias vitaminas em cápsulas com a quantidade diária de consumo recomendada, existem outros produtos naturais que reúnem diversas vitaminas e sais mineiras com foco especial no combate dos radicais livres, como é o caso do Oxy-Redux.

Especialistas também indicam a alimentação balanceada e proteção à radiação solar como fatores essenciais no combate aos radicais livres. Deve-se ainda evitar fumar e beber excesso e não deixe de praticar atividades físicas regularmente.

Entenda melhor o que são radicais livres.

Imagem: www.shutterstock.com

2 Comentários
  • Maelmo Ferreira

    Como saber se tenho alto teor e radicais livres e qual o exame que devo fazer?

Deixe o seu comentário!