SAC (44) 3112-0000

Chocolate na Gravidez

chocolate-na-gravidez
Postado em 27 de agosto de 2015 por Editorial

A gravidez é uma etapa importante no ciclo de vida de qualquer mulher. É um período de constantes transformações, físicas e emocionais, que afetam a saúde da mãe e do bebê, fazendo-se necessário que a mãe tenha cuidado e reavalie os seus hábitos alimentares, não somente pelo fato de alguns alimentos podem fazer mal à saúde do bebê, mas também porque ele depende da alimentação da progenitora para se desenvolver corretamente.

O chocolate é uma delícia doce que agrada a tudo e a todos. Mesmo com suas propriedades como açúcar e gordura, ele é estimulante, vicia e deixa um gostinho bom na boca e um sorriso nos lábios, mas será que ele apresenta riscos durante a gravidez?

Entre mitos e verdades, o chocolate é um alimento calórico, por isso, gestantes com sobrepeso ou obesidade devem evitar o consumo. O excesso deste doce pode causar uma resistência à insulina e virar um agravante para gestantes com tendência a diabetes gestacional. Se você está grávida e não apresenta nenhum dos sintomas citados, o chocolate está liberado, desde que não ultrapasse a quantidade ideal de consumo diário, o equivalente a 30 gramas ou um bombom.

Confira alguns de seus benefícios para à saúde da gestante:

- Os antioxidantes presentes na composição ajudam a prevenir doenças cardíacas.

- Ajuda a reduzir os níveis de cortisol, hormônio ligado aos níveis de estresse.

- A teobromina presente no chocolate ajuda a regular a pressão arterial e a promover a dilatação dos vasos sanguíneos, reduzindo assim os riscos de pressão arterial elevada que conduz à pré-eclâmpsia.

Desfrute deste delícia durante esta fase especial da vida, mas lembre-se, moderação, sempre!

assinatura ricardo vargas

0 Comentários
Deixe o seu comentário!