SAC (44) 3112-0000

Barriga de Chopp

BARRIGA DE CHOPP
Postado em 20 de março de 2014 por Editorial

O pâncreas é um órgão com função endócrina que produz hormônios como a insulina e o glucagon, estando diretamente envolvido no controle do carboidrato na corrente sanguínea. Mas este órgão também desempenha uma função exócrina, liberando enzimas para a digestão.

O álcool prejudica a produção de enzimas pelo pâncreas, promovendo uma digestão deficiente, em que parte dos alimentos não é absorvida, abrindo caminho para a desnutrição crônica. Ocorre uma redução da massa magra e acúmulo de gordura, a composição corporal fica prejudicada e o indivíduo gasta menos calorias.

Normalmente, quando uma pessoa está com a barriga saliente, as pessoas fazem o seguinte comentário: “É barriga de Chopp!”. Esta comparação tem um fundo de verdade. O álcool possui 7 kcal por grama e favorece o ganho de peso, mas como dificulta a absorção de nutrientes, a pessoa acaba desenvolvendo desnutrição e as calorias ingeridas são transformadas em gordura e depositadas na região abdominal.

A gordura depositada na região abdominal gera um aumento no risco cardíaco e de diabetes tipo 2. É uma gordura difícil de ser eliminada e a melhor opção é viver um estilo de vida adequado, tomando os devidos cuidados para não desenvolver este depósito de gordura.

Tive um paciente que gostava muito de álcool. Ele me relatou que aos domingos ia almoçar na melhor churrascaria da cidade. Chegava por volta das 11h e ficava até as14h. Comia somente rodízio de carnes e bebia Chopp com os amigos durante todo o tempo. Perguntei então quanto ele consumia, e ele me respondeu dizendo que não se lembrava, mas que, com certeza, era uma grande quantidade.

Há dois problemas nesta história. O primeiro: ele não fazia ideia de quanto consumia de álcool nem de carne. O tempo de permanência na churrascaria era muito grande e na companhia dos amigos, acompanhada de uma boa conversa, o mais importante não era observar o prato. O segundo problema: a refeição deveria ser composta de carboidratos, proteínas e gorduras. Nosso corpo precisa dos três e isso deve ser oferecido em cada refeição.

Quando ingerimos muito de um nutriente e deixamos de lado os outros, o corpo entende que vamos entrar num período de restrição e trabalha para formar os estoques. No caso acima, a proteína ingerida foi muito maior do que o necessário para aquele momento e, por isso, grande parte dela o corpo transformou em triglicerídeos que serão acumulados como gordura visceral na região abdominal.

O álcool ingerido é tóxico e no processo de desintoxicação o corpo transforma o álcool em formaldeído, que é convertido em triglicerídeo que, por sua vez, vai ser depositado como gordura visceral. Churrasco mais álcool é uma combinação perfeita para aumentar os depósitos de gordura, fique alerta!

A principal característica do obeso com grande depósito de gordura na região abdominal é a desnutrição. Estes possuem risco elevado de desenvolver o diabetes tipo 2, doenças cardíacas inúmeras, dislipidemia, alteração no triglicerídeo e colesterol, esteatose hepática, acúmulo de gordura no fígado e muitas outras doenças.

Invista na sua saúde e não deixe a doença bater na sua porta.

 

0 Comentários
Deixe o seu comentário!